Notadamente o mundo sofre transformações, novas descobertas, internet, aplicativos, redes sociais, democratizam o compartilhamento da informação.

O que antes era sonho de consumo, privilégio de poucos, hoje está assoreando a mente de todas as classes sociais.
Sem conseguir processar sequer 1% da informação a que é submetido, o homem contemporâneo se vê confuso, ansioso, sem referências sólidas, que possibilite construir uma estrutura mental saudável, capaz de comportar para operar esse brutal e crescente volume de informação, ainda adquirir as habilidades, intimidade com mecanismos necessários para processá-los.

Sem referencias, sem ação, cada vez mais sem autonomia, dependente de aplicativos simplificadores da vida, supressores do aprendizado verdadeiro.

O conhecimento puro e simples está disponível, qualquer pessoa pode acessar, mas … como? Por onde começar? Qual a informação correta?

Hoje, mais que em outras épocas o professor, o “bom” orientador se tornou o grande diferencial que influenciará significativamente na vida das próximas gerações.

Precisamos encontrar nossos mestres.

ArabicChinese (Simplified)DutchEnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish
google-site-verification: googlee73cd655be624699.html