^

Novo Realismo

[1999 – 2009]

Na sua mais recente fase artística, Caio Santos pretende que suas pinturas sejam uma síntese das imagens que povoam o imaginário de toda a sociedade contemporânea numa leitura intimista, utilizando elementos da cultura universal somados a ícones de consumo. Depois de absorver conceitos do surrealismo, abstracionismo e abstracionismo concreto, o pintor, na sua trajetória investigativa, tem sua atenção voltada ao que chamaremos “Novo Realismo“. As obras desta fase, mesclam fragmentos de ícones da arte clássica, do barroco, das histórias em quadradinhos, com logomarcas de consumo de massa que integram a composição como simples variação do espaço em suas obras. A releitura feita pelo pintor não enaltece o domínio público, imagens impostas a sociedade que figuram como, segundo ele, uma representação, retrato infinito de cada um de nós, que crescemos passivamente entre imagens de publicidade, entre slogans e jingles integrantes do dia a dia do homem nos grandes centos urbanos .

Clique nas fotos da galeria abaixo para ver as obras* com as dimensões na proporção correta.

*As obras que não apresentam preço, pertencem a coleções particulares, ou não estão disponíveis para venda.

  • Percentagem de Obras Vendidas desta fase 43.3% 43.3%

Coleção: 20th Century Foz

ArabicChinese (Simplified)DutchEnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish