Pintor Brasileiro doa Obra ao Museu de Tóquio

O Pintor Brasileiro Caio Santos, manifestando o seu desejo e exteriorizando a sua concepção e entendimento da arte, inicia o processo de doação de algumas das suas obras para os mais importantes museus do mundo.

Construção Azul e Prata com Conceito www [o5]”

Ao Museu do Prado, a obra doada é de uma das fases mais respresentivas do artista denominada [email protected]

A Obra, com construção em azul e prata em conceito [email protected], intitula-se Construção Azul e Prata com Conceito www [o5]” e foi produzida em 1998.

CAIO SANTOS  

Caio Santos, Acadêmico, membro da ABRASCI – Academia Brasileira de Ciências, Artes, História e Literatura, detentor da  cadeira número 25 – Cândido Portinari.

Com uma carreira de mais de 40 anos de intensa atividade artística e cultural, produzio mais de 5000 obras e criou o inovador conceito de Alfagrafia.

O porquê da doação

Esta iniciativa é a sequência lógida da vontade e visão do pintor que decidiu contemplar seis dos principais Museus do Mundo: Museu do Vaticano (Vaticano), Museu do Louvre (Paris), Museu do Prado (Madrid), Tate Museum (Londres), Metropolitan Museum (NY) e MOMAT – Museu Nacional de Arte Moderna de Tóquio.

MOMAT – MUSEU DE ARTE MODERNA DE TÓQUIO

O Museu Nacional de Arte Moderna de Tóquio é o museu mais importante na coleção e exposição de arte moderna do Japão. A instituição é conhecida por seu acervo do século XX, que também inclui obras de artistas de Nihonga e peças ocidentais de diferentes estilos.

ArabicChinese (Simplified)DutchEnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish
google-site-verification: googlee73cd655be624699.html